Comunicadores comunistas debatem seu papel no desafio eleitoral


Os comunicadores do PCdoB se reuniram nesta sexta-feira (23), no Comitê Central, na capital paulista, para debater o papel da comunicação na luta de ideias neste período cujo desafio é reeleger Dilma Rousseff. O presidente nacional do PCdoB e o secretário nacional de Comunicação, Renato Rabelo e José Reinaldo Carvalho, respectivamente, após analisar a atual conjuntura política deram as diretrizes para o trabalho dos comunicadores que atuam nos meios do Partido Comunista.

Mesa de abertura do Encontro Nacional de Comunicação do PCdoB, o secretário nacional de Comunicação, José Reinaldo Carvalho; o presidente do Partido, Renato Rabelo e a secretária adjunta Eliz Brandão
Mesa de abertura do Encontro Nacional de Comunicação do PCdoB, o secretário nacional de Comunicação, José Reinaldo Carvalho; o presidente do Partido, Renato Rabelo e a secretária adjunta Eliz Brandão

O encontro reuniu cerca de 70 militantes das capitais e principais cidades de 15 estados brasileiros. As atividades que iniciaram nesta sexta-feira continuam no sábado (23) com palestras e debates acerca das diretrizes para a campanha eleitoral, a luta de ideias na internet, a comunicação nacional de campanha e seus aspectos jurídicos e a organização nos estados.

Os comunistas presentes no Encontro Nacional de Comunicação entendem que o país vive uma encruzilhada política. Neste sentido, o debate pretende refletir a melhor forma para a contribuição na luta de ideias que está por vir neste período eleitoral, para seguir os avanços iniciados em 2003 com a eleição do presidente Lula.

Um dos pontos de partida é a constante denúncia da manobra ofensiva eleitoral, política e ideológica que está em curso e pretende levar o país ao caminho do retrocesso de caráter neoliberal e conservador. Trata-se da força política oposicionista cujo objetivo é retroceder os laços econômicos, políticos e integracionistas que o Brasil desenvolveu nos últimos 11 anos com os países da América Latina, Ásia, África e Oriente Médio. Além disso, pretende estreitar novamente as negociações com o Imperialismo norte-americano e os países europeus que estão em total ruína econômica e ideológica.

Neste aspecto, o Partido Comunista do Brasil se coloca como um campo fundamental na trincheira para combater o Imperialismo diariamente, através da luta de ideias. O secretário nacional de Comunicação, José Reinaldo Carvalho, afirma que “o Socialismo é o caminho de luta contra o Imperialismo e as classes dominantes”. E ressalta “em qualquer batalha eleitoral, independente do tamanho, nosso rumo é o Programa do PCdoB”.

José Reinaldo vê na crise do capitalismo a oportunidade de fortalecimento dos povos que acreditam na liberdade, fraternidade e justiça. “O Comunismo não é um objetivo utópico, a luta pelo socialismo é concreta e fundamental para evitar a barbárie e assegurar a independência da humanidade. O socialismo é essencial para o processo de desenvolvimento do Brasil”.
A utopia, segundo o líder comunista, é defender o bem estar social em meio a uma profunda crise do capitalismo como à que vivemos. Ele acredita que este seja o momento ideal para fortalecer a luta pela derrocada deste sistema.

Renato Rabelo, por sua vez, destacou a importância dos meios de comunicação dos comunistas para combater o discurso da imprensa hegemônica. Os grandes meios de comunicação, conduzidos pelas elites brasileiras com diretrizes imperialistas não têm nenhum interesse em mostrar os avanços conquistados pelo povo brasileiro nos últimos onze anos. Pelo contrário, buscam diariamente denegrir a imagem da presidenta Dilma e de seu governo por meio de falácias e informações desencontradas.

Por isso, Renato defende o fortalecimento do Partido e consequentemente de seus meios de comunicação e movimentos sociais onde atua. “Devemos trabalhar para a construção de um Partido mais forte e com mais influência política. Uma coalizão hoje é necessária para colocar em prática as reformas democráticas que nós defendemos”, afirmou.

Para a reeleição da presidenta Dilma ele defende também o fortalecimento da esquerda como um todo. “É preciso neste momento a definição de uma unidade de esquerda que vá além dos partidos políticos e embarque também os movimentos sociais”.

Renato afirma que o PCdoB defende um novo projeto nacional de desenvolvimento que passa pelas reformas democráticas e estruturais, entre elas, a democratização dos meios de comunicação, as reformas política, tributária e agrária. Ele ressalta também a importância da integração nacional através de um grande projeto de mobilidade que interligue o país de Norte a Sul e Leste a Oeste.

Para tal, o alinhamento com partidos progressistas aliados é fundamental neste processo cujo maior desafio é impedir o retrocesso do país para garantir os avanços já conquistados e seguir no rumo das vitórias sociais, políticas e econômicas.

Segundo dia do Encontro Nacional de Comunicação

O encontro que começou nesta sexta-feira segue no sábado (24). A primeira atividade, às 9h, é a palestra do coordenador da vitoriosa campanha da presidenta Dilma, João Santana. Ele é considerado um dos mais importantes consultores políticos do Brasil, e entre eles, o de maior projeção internacional. Comandou o marketing vitorioso de sete eleições presidenciais, entre elas as de Lula, Dilma, Hugo Chávez e Nicolás Maduro. Em sua fala vai abordar as diretrizes da campanha eleitoral deste ano.

O segundo palestrante da manhã, às 10h, é o autor do famoso blog O Cafezinho. O blogueiro carioca Miguel do Rosário fala sobre a luta de ideias nos blogs e nas redes sociais. Antes de ser nacionalmente conhecido com seu blog de política, ele foi jornalista especializado em café por quase 15 anos.

Às 11h o debate fica por conta do dirigente de comunicação no estado de Minas Gerais, Kerison Lopes, que fala sobre O PCdoB e a comunicação na campanha nacional. Em seguida é a palestra da secretária nacional adjunta de Comunicação e editora adjunta do Vermelho, Eliz Brandão. Ela aborda a organização do trabalho de comunicação nos estados.

À tarde o advogado Paulo Machado Guimarães esclarece aspectos jurídicos da comunicação na campanha eleitoral. Ele é assessor jurídico da Direção Nacional do PCdoB e da bancada parlamentar do partido na Câmara dos Deputados.

A partir das 15h30 o encontro segue com debates dos participantes para trocas de experiências.

Da redação do Vermelho, Mariana Serafini

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.