RENATO RABELO: A vã tentativa de moldar uma outra Dilma


XÔ GOLPISTAS

A fase instável e aguda da atual conjuntura política, num clima predominantemente fabricado, sintetizado na pergunta feita à presidenta, na sua entrevista para o jornal Folha de S.Paulo — “parece estar todo mundo querendo derrubar a senhora (…)”, demonstra como a estupidez e a ignomínia atingiu tal nível de ataque a esta mulher, presidenta da República Federativa do Brasil. A presidenta foi eleita, com base na força da soberania popular, apesar das tentativas golpistas — desde as vésperas do pleito de 2014 — para reverter o resultado alcançado. O regime é presidencialista aprovado e re-aprovado em dois plebiscitos pelo povo brasileiro. Portanto, confere à chefe do executivo a certeza do mandato fixo, ao contrário do parlamentarismo.

Destarte, mais ainda, o mandato da presidenta Dilma comppleta apenas seis meses, e como acontece sempre e universalmente em tal situação, deve-se dar um crédito de confiança ao governo que inicia. Um programa de governo não se aplica intempestivamente.

E numa potencialização ainda maior de dificuldades, é preciso distinguir o contexto do segundo governo Dilma: momento muito difícil da vida do país – situação que pode ocorrer na trajetória de qualquer nação – que une fatores conjugados, relativos à grande crise do capitalismo iniciada em 2007 e 2008 que, continua, e impacta fortemente os países em via de desenvolvimento; e depois de 12 anos de grandes conquistas no Brasil, agora se impõe novo ciclo, ou uma nova etapa constituída de reformas estruturais para o desenvolvimento nacional democrático, que garanta a soberania e o progresso social.

Assim estamos diante de uma transição no mundo e no Brasil, que, também não se concretiza imediatamente. É um processo relativamente prolongado, mesmo que fosse impulsionado por forte mobilização popular.

É nessa situação singular que as forças conservadoras, elites reacionárias e revanchistas — num contexto de dominância sistêmica da oligarquia financeira globalizada — se aproveitam do curso de transição, portanto ainda em definição, e de certos erros que se acumularam, para tentar truncar a qualquer preço o avanço da quarta vitória das forças democráticas e progressistas em nosso país.

A direita se juntou numa grande conspirata em marcha, sobretudo setores do consórcio oposicionista comando pelo candidato derrotado, Aécio Neves, a buscar qualquer pretexto para dar forma à preparação golpista. Usam todo arsenal, em conluio com a mídia monopolista para confundir, desacreditar e desmoralizar a presidenta e as forças que lhe apoiam. Estão procurando subverter a ordem democrática para impor de forma absolutista sua alucinada vontade.

Contudo, eles não estão levando em conta, como sempre, a força das massas trabalhadoras e populares, ainda reduzida e aparentemente imóvel. Mas, uma lei objetiva da luta social comprova que as grandes mobilizações do povo irrompem através de um detonador muitas vezes imprevisível. O golpe ou sua incessante tentativa pode incendiar a “lenha seca”.

E, desatinados, desconhecem quem é Dilma Rousseff. Chegam a imprimir uma falsa noção, que se amplia, para infundir um clima de desalento, reeditando ao extremo como verdadeiro: “Dilma é incompetente”, “cometeu muitos erros”, “está acuada, não governa, é responsável direta pela corrupção”, “está prestes a jogar a toalha”, e até que “já tentou suicídio”. Uma antibiografia da presidenta da República. Uma ignomínia perante a nação.

Afirmo convictamente o inverso. Dilma é decidida e tem dado mostras de ser detentora de profundas convicções de um novo tempo para construção soberana, democrática, solidária e de progresso social para nossa grande nação; de maior integração com os vizinhos da nossa região e por uma nova ordem mundial de cooperação e solidariedade entre os povos, de paz e desenvolvimento. É consciente da transição atual a seguir para uma retomada do crescimento em um novo ciclo. Empenha-se dia e noite neste sentido. Desde o final do seu primeiro governo, com o esgotamento do ciclo iniciado em 2003, já começou a fazer tentativas na busca de nova alternativa na linha do desenvolvimento com inclusão social.

A presidenta Dilma faz parte de uma geração de lutadores da época da ditadura militar de 1964. E sempre faz questão de assinalar com orgulho a sua corajosa experiência. À frente do PCdoB, na minha relação política com a presidenta, encontrei uma mulher e líder atenciosa, criteriosa em seu juízo de valor, longe de qualquer promiscuidade de cedência dos seus conceitos e de seus compromissos.

A montagem de uma anti-biografia, invertida da real personalidade e capacidade da presidenta Dilma, conjugando deformações e destacando ao máximo aspectos negativos é resultado da radicalização política em curso, de uma direita alucinada, de setores extremados, que usam qualquer expediente e instrumento para galgar seus objetivos para interromper o mandato constitucional da presidenta da República. Esse clima fabricado e continuado, que inclui também o preconceito de gênero, influenciou até mesmo parcelas da base do governo. Não é fortuita, a surpresa de muitos, provocada pelo desassombro da recente entrevista concedida pela presidenta Dilma ao jornal  Folha de S.Paulo. A vida, em maior ou menor tempo, fará transparecer a razão e a verdade.

4 comentários

  1. MUITO BONITO NO PAPEL TUDO QUE ESTÁ ESCRITO, MAS NA REALIDADE A COISA QUE ESTAMOS VENDO É OUTRA. NO DIA O QUE ESTAMOS SABENDO É OUTRA COISA. DESVIOS DE BILHÕES, USO DE INFLUÊNCIA, DESEMPREGO, ETC. NA EMPRESA ONDE TRABALHO EM MINAS GERAIS, COLOCOU-SE MAIS DE 15 ASSESSORES SEM CONCURSO. ALGUNS EX PREFEITOS QUE NÃO CONSEGUIRAM SE REELEGER, AFILHADOS SEM CURSO SUPERIOR TRABALHANDO QUATRO HORAS COM SALÁRIOS DE 8 MIL REAIS. OUTRO COM SALÁRIOS DE 20 MIL E ISTO PRA EMPRESA FICA MUITO CARO EM UM MOMENTO QUE ELA PREGA DIFICULDADES FINANCEIRAS PELO FATO DE NÃO ESTAR CHOVENDO. FUNCIONÁRIOS ANTIGOS DA EMPRESA QUE DERAM E AINDA DÃO MUITO PRA EMPRESA ESTÃO SENDO DISPENSADOS. E ASSIM VAI ACONTECENDO. A DILMA PODE ATÉ NÃO TER CULPA MAS O PARTIDO É O DELA. FICA DIFÍCIL ACREDITAR QUE ELA E NEM O LULA SABIAM DE TANTAS FALCATRUAS QUE ESTAVAM ACONTECENDO. SOU A FAVOR DE NOVAS ELEIÇÕES E NOVOS CANDIDATOS. MAS SEM AQUELAS MAQUININHAS MANIPULÁVEIS. SERÁ QUE AS NOTÍCIAS CHEGAM SÓ PARA NÓS AQUI DE BAIXO?

    Curtir

  2. tudo esta errado no brasil violência.. falta hospitais. estamos em primeiro lugar em tudo de ruim excesso de políticos corruptos mais e mais analfabetos pessoas primitivas egoísta um pais que esta de fazer vergonha estrupa dores aumenta .um pais cheio de terra para planta e temos falta de alimento ou alimento caro .um pais que tem petróleo e temos preços altíssimo um pais que esta no ponto de dar um colapso-o politico e as emissoras mostram futebol repórteres sorrir sendo que aqui nada esta engraçado parece que estamos no inferno como que os brasileiros ver tudo e não reage será que e falta de estudo ,ou os brasileiros são covardes mesmo o dinheiro roubado por lava jato ou Petrobras. daria para transformar o brasil em um paraíso para todos gostei da matéria mais acho pouco ….. pense aqui no brasil os caminhoneiros comandam pois dependemos deles pra tudo se eles parassem todos juntos ate nosso pais por as mãos na consciência tomassem vergonha na cara e melhorasse nossas vidas em todos os sentidos começando com pena de morte para quem matar um lava jato nas ruas acabando de vez com o lixo humano que fica pondo as famílias em riscos tendo leis mais severas pra todos controle de nascimento de crianças controle em todas as escolas e fazendo as escolas no brasil obrigatórias dando ate multas se o aluno não comparecer se tem não funciona e nossa presidenta tem que parar de dar uma de Robin rude. tirando de que trabalha pra burro, pra dar pra quem não faz nada como a tal de bolsa família ou auxilio criança isso e um absurdo só está incentivando essa família a ter maios filhos e criança tem que ter infância mas sem celular sem bater perna na rua tem que ter um controle e fazer algo pras favelas pararem de crescer

    Curtir

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.