Frei Betto: viagem do papa a Cuba e aos EUA une dois povos


O teólogo brasileiro frei Betto disse neste domingo (20) que a viagem que o papa Francisco faz a Cuba, seguindo depois para os Estados Unidos, é uma oportunidade para abraçar os dois povos que tem se esforçado pela aproximação.

Frei Beto no Hotel Nacional em Cuba

Ele destacou a “participação discreta” do papa e da diplomacia do Vaticano no reatamento – em julho último – das relações entre Cuba e Estados Unidos, após meio século de afastamento, mas observou que “ainda há muito a ser feito”.

“A visita de Francisco é um presente para todo o povo cubano e norte-americano, embora vá ser muito mais complicada nos Estados Unidos do que em Cuba”, disse.

Frei Betto, autor do livro “Fidel e a Religião” e amigo pessoal do ex-presidente cubano Fidel Castro, assegurou que a “fé é algo que está plenamente enraizado” na vida de Cuba.

O teólogo também destacou a atuação de Francisco ao lado dos pobres. Como João XXIII, Francisco está fazendo uma verdadeira revolução, pois é um homem que defende os pobres, os direitos humanos, que fez uma encíclica sobre a degradação sócio-ambiental”, aponta.

O teólogo agregou que ele é um papa com uma visão clara sobre a pobreza no mundo e, como nenhum outro, denunciou contundentemente as causas das injustiças, não somente os efeitos.

Fonte: Agência Brasil

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.