CTB convoca dia nacional de luta em defesa da CLT e da Previdência

Em nota, o presidente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo, convocou na manhã desta quinta-feira (21) os trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil para uma jornada de luta em defesa da CLT e da Previdência Social, dois alvos da gestão interina de Michel Temer. 

CTB

O ato acontecerá no próximo dia 08 de Agosto (segunda-feira), às 10h da manhã, em frente às Superintendências Regionais do Trabalho ( antigas DRTs) e ocorrerá simultaneamente em todo o país, com transmissão ao vivo.

Na nota, Araújo alerta para o falso discurso da gestão temerária que tomou se assalto o Palácio do Planalto. “Com o discurso da “modernização”, no qual o objetivo das empresas capitalistas é baixar o custo da mão de obra e aumentar a cesta de lucros das empresas, a gestão Temer quer aprovar o negociado sobre o Legislado, a terceirização irrefreável e acabar com a Previdência Social, o maior programa de distribuição de renda do país”.

Leia íntegra da nota:

Lutar em defesa da CLT e da Previdência Social

O Governo ilegítimo de Michel Temer encomendou a Rede Globo uma série de reportagens defendendo a modernização das relações de trabalho, esse mesmo assunto tem sido alvo de editoriais destilados de propostas de regressão, flexibilização e precarização do trabalho.

Com o discurso da “modernização”, no qual o objetivo das empresas capitalistas é baixar o custo da mão de obra e aumentar a cesta de lucros das empresas, a gestão Temer quer aprovar o negociado sobre o Legislado, a terceirização irrefreável e acabar com a Previdência Social, o maior programa de distribuição de renda do país.

Tamanho acinte é o arroto do presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, quando propõe acabar com os direitos garantidos pela Constituição Federal. Na mesma linha, seu assecla Robson Braga, presidente da CNI, defende uma jornada de 80 horas semanais para a classe trabalhadora. No mínimo, tais propostas são muito preocupantes.

O que eles chamam de modernização enseja um tipo de escravidão contemporânea. Por trás desse discurso, querem implantar a era do “açoite” digital e quem vai sofrer na pele é a classe trabalhadora.

Temerário, o conluio golpista quer desconstruir o Estado Nacional, acabar com a CLT desregulamentando o trabalho e sepultar o sonho de dias melhores de milhões de brasileiros e brasileiras.

A jornada de lutas é longa e necessária. Ocupar as ruas e resistir a todo custo é o melhor caminho.

Adilson Araújo

Presidente

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil

**CONVOCATÓRIA**

Convocamos toda a classe trabalhadora para um Dia Nacional de Luta em defesa da CLT e da Previdência Social, no próximo dia 08 de Agosto (segunda-feira), às 10h da manhã, em frente às Superintendências Regionais do Trabalho ( antigas DRTs). O ato ocorrerá simultaneamente em todo o país e terá transmissão ao vivo.

Precisamos denunciar os ataques aos direitos da classe trabalhadora!

Nenhum direito a menos!

À luta!

Portal CTB – Joanne Mota

Leia também:
Dirigente dos bancários da BA denuncia reforma trabalhista de Temer 

Fonte: Portal CTB

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s