Tarifa Zero Social é anunciada por Jandira ao se tornar candidata no Rio


2016-925437979-201607241612301248.jpg_20160724

Estampando uma camiseta com os dizeres “É a vez das mulheres”, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) anunciou no domingo (24), após convenção de seu partido, uma de suas primeiras plataformas de governo à Prefeitura do Rio, o tarifa zero social. O benefício ao custo de R$ 900 milhões, atingiria mais de 700 mil cariocas, dentre beneficiários do bolsa-família, estudantes da rede pública dos três níveis, trabalhadores informais e desempregados.

Uma das maiores questões críticas na cidade é a mobilidade urbana. O Rio cresceu, absorveu gente, mas não criou condições do ir e vir de todos. É preciso enfrentar as empresas de ônibus para garantir isso. Boa parte do custo desse plano virá da própria desoneração que os empresários têm e não repassam ao usuário no dia a dia. E nós faremos isso”, garantiu Jandira.

A parlamentar também fez de sua fala, parte da música que embalava sua pré-campanha, a #RioEmComum. Cantou versos com os presentes, dançou e entoou: “Rio de todo mundo e o Rio de cada um! É isso que queremos. A cidade para todos!”, bradou.

Junto do senador Lindberg Farias (PT/RJ), da deputada estadual Enfermeira Rejane (PcdoB/RJ) e do vereador Reimont (PT/RJ), além dos presidentes do PT e PCdoB, Jandira anunciou também seu candidato a vice na chapa, o ex-ministro da Igualdade Racial de Lula, Edson Santos: “Vamos ter um olhar apurado para as mulheres, os negros, as classes mais pobres de nossa capital e empoderá-los. E isso se reflete na estruturação da saúde, educação, segurança e a própria mobilidade”, destacou a candidata.

De acordo com as pesquisas dos institutos GPP e GERP, registradas no TRE-RJ e divulgadas nos últimos meses, a comunista aparece em segundo lugar, atrás na disputa do senador Marcello Crivela. Jandira tem se destacado nos últimos meses na luta contra o golpe em curso no Brasil, na defesa do mandato constitucional de Dilma Rousseff e dos direitos das mulheres.

O ato político ocorreu no Sindicato dos Metalúrgicos, em Benfica, e teve a presença de 250 pessoas, além de representações de movimentos sociais da cidade. Durante o evento, vídeos de apoiadores, como a atriz Maeve Jingkings, o diretor teatral Aderbal Freire Filho, o cantor Tico Santa Cruz e o ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, foram exibidos.

Por Bruno Trezena

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s