Comunistas lamentam a morte de Neleu Alves

A morte do metalúrgico aposentado, militante histórico do PCdoB em São Paulo e ex-dirigente sindical Neleu Alves causou grande comoção entre os que conviveram e atuaram com ele ao longo de décadas. Para todos Neleu era um militante exemplar da luta dos trabalhadores.

 

Foto: Arquivo da família

O sindicalismo e o PCdoB, em especial, estão de luto em face do falecimento de Neleu Alves, vítima de infarto fulminante, nesta terça-feira (13). Neleu era metalúrgico aposentado, militante comunista e um lutador em defesa dos direitos do povo e dos trabalhadores. Nos anos 1980 foi diretor do sindicato dos metalúrgicos de São Paulo ao lado de destacados líderes sindicais, dentre eles Vital Nolasco. No PCdoB cumpriu inúmeras tarefas como dirigente estadual, municipal e distrital do partido em São Paulo.

A morte de Neleu Alves foi lamentada por diversos companheiros de militância no PCdoB. O vereador Jamil Murad, presidente do comitê municipal de São Paulo distribuiu um comunicado informando o “falecimento do nosso valoroso líder metalúrgico, um líder operário com espírito revolucionário aguçado, diretor do sindicato de metalúrgicos e que prestou grandes serviços aos trabalhadores e ao PCdoB. Nossa eterna homenagem ao companheiro Neleu Alves”.

Para Nivaldo Santana, secretário sindical do Comitê Central do PCdoB e vice-presidente da Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB) “Neleu Alves foi um dos quadros operários mais qualificados do PCdoB de São Paulo. Pessoa de vida modesta e hábitos simples militante sempre presente nas diferentes frentes de luta. Sua trajetória irretocável, pelo exemplo e simbolismo, deixa valioso legado para as novas gerações de comunistas”.

Ao saber da morte de Neleu, João Batista Lemos, presidente do PCdoB-RJ, reagiu com surpresa: “Que notícia triste!”. Batista, que também se destacou como líder metalúrgico no ABC paulista, considera que “Neleu foi uns dos melhores dirigentes operários que conheci, uma figura muito simples, mas muito implacável na defesa dos interesses da classe e de um partido de classe, ideológico, mas também da classe sobre o ponto de vista de sua composição social. O dirigente lembrou que Neleu “trabalhou na empresa Brasilata, foi diretor do sindicato e da oposição, mas antes de tudo se colocava como um operário comunista da zona leste. Quando discutíamos o conceito de classe ele dizia: vão para os terminais de ônibus as 5hs da manhã, que nós vamos ver quem é o nosso proletariado”.

José Carlos Tisiu, que atuou com Neleu no movimento sindical, afirmou que “ele era um operário com inteligência orgânica, refinada, aliava a vida concreta nos pés das máquinas. Com a teoria aprendida nos livros e centenas de reuniões de base entre metalúrgicos, condutores, vidreiros, têxteis, servidores municipais, bancários, correios. Mas acima de tudo a disciplina, a simplicidade, a generosidade e a compreensão de que a força coletiva e orgânica dos trabalhadores, está em sua organização”. E concluiu dizendo: “Neleu era um operário intelectual da classe”.

Pelas redes sociais, alguns companheiros de Neleu também se manifestaram. Elder Viera, subprefeito de Jabaquara, na capital paulista, afirmou: “De Neleu me fica a enorme estatura moral, a firmeza de propósitos, a nenhuma ilusão com palavreados diletantes. Ficam-me também os gestos de avô, que denunciavam o carinho por detrás do olhar duro de combatente”. Para a médica e sindicalista Júlia Roland a morte foi “um choque grande, inesperado. Neleu grande amigo e com imenso compromisso com a luta e emancipação dos trabalhadores”. O jornalista Carlos Pompe, referiu-se a Neleu como combatente exemplar e acrescentou: “Se viver sem lutar não tem sentido, como canta Paulinho da Viola, a vida de Neleu foi um exemplo de sentido. Nunca o vi vacilar diante de nenhum desafio”

Do portal Vermelho

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s