Dois pesos e duas medidas: A piscina do Lula e a filha do Alckmin


A manchete do dia da Folha de S. Paulo e o principal destaque do UOL, que é verdadeiramente o que importa, é a suspeita de que a Odebrecht pode ter feito uma pequena reforma na piscina do Palácio do Alvorada quando Lula era presidente da República, em 2008.

Por Blog do Rovai

E que essa reforma não teria sido paga pelo dinheiro do contribuinte. Ou seja, não teria sido feita uma licitação pra realizar a obra.

O caso está sendo apurado pela Polícia Federal, segundo a matéria. E pode ser utilizado como prova de que o ex-presidente foi beneficiado pela Odebrecht quando no exercício do poder.

Parece piada que uma história dessas se torne uma reportagem. Até porque o texto começa com o seguinte tópico frasal: “A Polícia Federal investiga suspeitas….”. E segue sem apresentar nada que permita qualquer afirmação. Tudo na condicional.

Mas se torna ainda mais patético que essa matéria se torne a manchete de domingo de um grande jornal e de um dos portais com maior audiência do país.

Ao mesmo tempo, na semana passada, uma história varreu a internet por conta de uma nota na Veja São Paulo, mas não obteve repercussão alguma em nenhum outro veículo da mídia tradicional.

A história é muito mais picante no que diz respeito a uso indevido da máquina do estado para fins privados e muito mais simples de ser comprovada. Trata-se do uso que Sophia, a filha de 36 anos do governador Geraldo Alckmin, faz do Palácio dos Bandeirantes e dos funcionários de lá pra produzir matérias para o seu blogue de moda no Instagram.

Se o amigo for ao Google e pesquisar os termos “sophia alckmin palácio dos bandeirantes blog” vai encontrar na busca em primeiro lugar a nota da Revista Veja e na sequência esta matéria da Fórum.

Depois terá textos do Brasil 247, BlogdoBG, Diário do Centro do Mundo e Vermelho. Ou seja. só encontrará repercussão em blogs sujos. Nada na tal mídia limpinha.

Aliás, pode ser que isso tenha relação com o deslumbramento pela tal piscina do Alvorada, porque ainda no primeiro mandato do petista ela também virou manchete porque um dos filhos do ex-presidente levou uns amigos para dar uns mergulhos por lá.

Na época, a mesma Folha que ignorou o uso do Palácio dos Bandeirantes e dos seus funcionários para produzir o blogue de moda da Sophia, tratou a questão da seguinte forma.

Claro que a Folha é um jornal independente. Claro que a sua cobertura é balanceada. Claro que os pesos e medidas são iguais pra Lula e Alckmin. Claro que a reforma da piscina que não é do Lula, mas do Palácio do Alvorada é notícia e o uso dos funcionários e da estrutura do Palácios do Bandeirantes pra fazer um blogue de moda não é. Claro que o silêncio generalizado de toda a mídia para a história de Sophia é só coincidência. Claro, claro, claro…

Leia também:
Ciclo de debates no Barão de Itararé discute imprensa e o golpe

Blog do Rovai

Anúncios

Um comentário

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s