Renato Rabelo: Enfrentamento não será possível sem esquerda unida

Diante de uma “nova ordem”, de perfil conservador, a esquerda precisa de unir em torno de um programa politico mínimo como condição ao enfrentamento, diz o presidente da Fundação Maurício Grabois, ligada ao PCdoB, Renato Rabelo. O mais importante, afirma, é que todas as entidades “do campo popular, progressista, patriótico, a esquerda, compreendam que é preciso juntar forças”, afirmou, durante debate realizado na segunda-feira (21) à noite pela fundação, na região central de São Paulo.

 

Foto: Ísis Medeiros/Frente Brasil Popular

Na avaliação de dirigente comunista, população começa a se dar conta do ‘engodo’ que representa o governo Temer.

Na avaliação de dirigente comunista, população começa a se dar conta do ‘engodo’ que representa o governo Temer.

Por Vitor Nuzzi

Para o ex-presidente do partido, é preciso ter “palavras de ordem mais amplas, para juntar mais gente”. “Temos de ir para uma repactuação política, senão a gente fica falando no abstrato.”

Segundo ele, essa reorganização deve priorizar a produção e o trabalho – não pode ser apenas distributivo ou considerar individualmente as categorias profissionais, mas sustentado em um novo projeto nacional de desenvolvimento, que preveja reformas política, da mídia, tributária e do sistema financeiro. “Sem isso, não tem saída. Vamos ficar no mesmo lugar”, afirma Rabelo.

Na avaliação do dirigente comunista, a população começa a se dar conta do “engodo” que representa o governo Temer. “É possível crescer um anseio de resgate da soberania popular, através de uma eleição direta. Isso pode vir, diante desse quadro de agravamento da crise”, afirmou.

Em reunião no último dia 11, a Comissão Política Nacional do PCdoB aprovou resolução em que defende o fortalecimento da Frente Brasil Popular, que terá plenária nacional em 7 e 8 de dezembro, em Belo Horizonte. “Recai agora sobre a Frente Brasil Popular a tarefa de alargar as forças de resistência, envolver novos agentes sociais e políticos interessados na luta democrática e ampliar o diálogo e mobilização do povo”, diz o documento.

Para o presidente da CTB, Adilson Araújo, o impeachment representou “um golpe do capital contra o trabalhador. Ele citou a exclusão do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que se reuniu ontem pela primeira vez na gestão Temer, de entidades como a própria CTB, CUT, UNE e CNBB. “Esse governo tem lado, serve aos interesses do grande capital, sobretudo ao rentismo.”

Fonte: Rede Brasil Atual

Anúncios

3 comentários

  1. SÓ PARA NÃO ESQUECER, ESTE GEDDEL ERA UM DOS “ANÕES DO ORÇAMENTO”, TÁ LEMBRADO?

    Com os coxinhas trouxinhas golpistas é muito difícil trocar qualquer ideia inteligente posto que os mesmos, na sua maioria são idiotas idiotizados e manipulados.

    Mas, por outro lado, há as pessoas de um outro tipo, de um outro grupo: o grupo dos manipuladores, titeriteiros. São os mentores e braços “pensantes” do golpe aplicado à nação.

    Estes são os verdadeiros criminosos. Gente deste grupo ou quadrilha tem o meu mais profundo desprezo.

    https://gustavohorta.wordpress.com/

    Curtir

  2. Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    SÓ PARA NÃO ESQUECER, ESTE GEDDEL ERA UM DOS “ANÕES DO ORÇAMENTO”, TÁ LEMBRADO?

    Com os coxinhas trouxinhas golpistas é muito difícil trocar qualquer ideia inteligente posto que os mesmos, na sua maioria são idiotas idiotizados e manipulados.

    Mas, por outro lado, há as pessoas de um outro tipo, de um outro grupo: o grupo dos manipuladores, titeriteiros. São os mentores e braços “pensantes” do golpe aplicado à nação.

    Estes são os verdadeiros criminosos. Gente deste grupo ou quadrilha tem o meu mais profundo desprezo.

    https://gustavohorta.wordpress.com/

    Curtir

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s