Luciano Siqueira: 95 anos e ingentes desafios

O Partido Comunista do Brasil celebra neste 25 de março 95 anos de fundação e atividade ininterrupta.

Muito a comemorar.

A persistência na senda revolucionária sob a inspiração da teoria marxista e do calor da luta operária e popular. O amadurecimento teórico e político que o faz portador de um programa socialista para o Brasil, cientificamente respaldado e consentâneo com as peculiaridades da sociedade brasileira. O exemplo combativo de milhares de militantes que se fizeram heróis pela dedicação à causa, muitos deles com o sacrifício da própria vida.

E embora ainda organicamente limitado (considerando-se a dimensão do nosso país e as exigências da luta atual) a algumas centenas de milhares de militantes e filiados atuantes, O PCdoB é co-protagonista destacado na cena política nacional.

Nessa condição, vê-se diante da responsabilidade de combinar a ação imediata com grande esforço no terreno das ideias, no sentido de abordar, na sua exata dimensão, a gravidade da situação atual do país.

Pois há que ir muito além da superfície no enfrentamento de três terríveis obstáculos imediatos ao desenvolvimento democrático e soberano do Brasil: 1) o estado de exceção que brota de dentro do estado de direito, embalado pelo golpe parlamentar-judiciário-midiatico; 2) o rápido desmonte da engenharia e da indústria nacional como consequência da Operação Lava Jato e suas assemelhadas; 3) a ingerência direta do comando externo do mercado financeiro nas instituições brasileiras.

Procuradores e delegados mantém relações promíscuas com órgãos de inteligência estrangeiros, norte-americanos sobretudo, compartilhando informações que possibilitam ações danosas a empresas nacionais. Verdadeiro crime de lesa-Pátria.

Isto em meio a uma reconfiguração dos mecanismos de acumulação do sistema capitalista em crise.

São desafios de grande magnitude, que implicam resistência imediata nas ruas, nas redes e no Parlamento; e elaboração teórica, tática e técnica que venha a lastrear uma plataforma capaz de unir forças populares e democráticas para a grande empreitada da salvação nacional e da defesa da democracia e dos interesses fundamentais da classe trabalhadora e do povo.

A hipótese de uma candidatura comunista à presidência da República — convertida em porta-voz do pensamento próprio do PCdoB — e a realização em breve do 14° Congresso do Partido se apresentam, assim, como vértices desses desafios ao velho e renovado Partido Comunista do Brasil.

Luciano Siqueira

 

https://www.facebook.com/LucianoSiqueira65/  * www.lucianosiqueira.blogspot.com

https://twitter.com/lucianoPCdoB

 

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s