Eletrobras: Aneel prevê “efeito perverso” sobre tarifa de energia


O presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Anaeel), Romeu Rufino, afirmou que com a descotização proposta em consulta pública pelo governo Temer a tarifa deve aumentar. 16,7% é o percentual de aumento que pode resultar da aplicação do modelo privatista anunciado pelo governo. O alerta da Aneel está em documento enviado ao governo avaliando as mudanças no setor. A previsão da agência sobre o preço negociado livremente é de que virá “efeito perverso” sobre a tarifa.

“Se o governo está vinculando uma coisa à outra (privatização e descotização), é uma escolha. Isso não nasceu vinculado. A descotização terá impacto na tarifa, sim. Não há dúvida sobre isso. A Aneel fez simulações. Quem mais entende de tarifa é a Aneel. A Aneel é que tem responsabilidade legal de definir tarifa. Não é um palpite. Isso com certeza acontecerá. Qual o tamanho e a intensidade, depende da modelagem. No futuro, o consumidor vai ser beneficiado com a descotização? Acho pouco provável”, afirmou.

O aumento de preços seria provocado pela alteração no modelo de venda da energia gerada por 14 hidréletricas antigas da Eletrobras, que atualmente operam com preços fixos e mais baixos. A opção do governo é que a energia dessas hidrelétricas passe a ser vendida a preço mais alto ( o que se define por descotização).

 

Do Portal Vermelho com informações de O Globo

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s