Fátima Oliveira: Médica, ativista feminina e revolucionária


 

Faleceu neste domingo (5), a médica Fátima Oliveira. Ativista do movimento feminino, Fátima era colunista de diversos veículos de comunicação, inclusive o Portal Vermelho e do Portal Geledés.

Fátima também era conselheira da Rede de Saúde das Mulheres Latino-americanas e do Caribe.

“Urge banir o fascismo da sociedade brasileira”, defendeu Fátima em um de seus artigos em que tratou das declarações de deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) durante uma palestra na sede paulista da Hebraica.

Fátima atuou também na luta pela atenção à saúde dando profunda formulação teórica e prática, principalmente em prol do fortalecimento do SUS e de política de tratamento para a doença falciforme e contra o racismo institucional na saúde.

Fátima deixa legado de lutas. “É melhor morrer em pé do que viver de joelhos’”, escreveu ela em uma de suas colunas.

Do Portal Vermelho

Anúncios

Um comentário

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s