Jô Moraes: UFMG na Antártica


“O projeto de Microbiologia Antártica (MycoAntar) realiza pesquisas há 12 anos no continente antártico coletando diferentes amostras que são trazidas para o Brasil, e no Laboratório de Microbiologia Polar da UFMG/ICB são processados com o objetivo de isolar fungos antárticos. Estes fungos antárticos estão sendo estudados como produtores de antibióticos que podem controlar doenças tropicais negligenciadas que acometem o Brasil tais como como a Dengue, Zika, Leishmaniose e doença de Chagas. Além disso, os fungos antárticos também estão em estudo como produtores de pesticidas menos tóxicas para uso na agricultura.”

FOTO: Equipe de pesquisadores do Programa MycoAntar com o Professor Luiz Henrique Rosa e Vice-diretor do ICB Carlos Augusto Rosa.

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s