PCdoB ingressa com ação popular para baixar o preço do gás de cozinha


A bancada do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no Congresso Nacional, ingressou com uma ação popular na justiça de Brasília para reverter a política de preços do gás de cozinha. Com a política de preços adotada na gestão do ex-presidente Pedro Parente, no Governo Temer, os valores do botijão chegaram a R$ 80. A ação, se deferida, valerá para todo território nacional.

A ação pede para ser decretada nula a política de preços internacionais de ciclos curtos adotada pela Petrobrás para o gás de cozinha e citação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), para prestar informações e esclarecimentos sobre a política de preços do GLP adotada pela Petrobrás.

Dessa forma, segundo a ação popular “poderá reduzir o excedente do preço do botijão de gás no que foi majorado em percentual superior à inflação desde o primeiro semestre de 2016”.

Assinam o documento os deputados Jandira Feghali (RJ), Luciana Santos (PE), Alice Portugal (BA), Orlando Silva (SP), Professora Marcivânia (AP), Daniel Almeida (BA), Chico Lopes (CE), Rubens Junior (MA), Jô Moraes (MG), Givaldo Vieira (ES) e a senadora Vanessa Grazziotin (AM).

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s