Em congresso, UJS convoca jovens a ocuparem espaços de poder


Começou nesta sexta-feira (13) o 19º Congresso Nacional da União da Juventude Socialista (UJS), que reúne mais de três mil jovens de todo o país para debater política e diversos temas ligados aos jovens. Em um momento em que a crise política no país se aprofunda, o evento – que acontece no Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e vai ate este domingo (15) –  faz um grande chamado para que a juventude do Brasil fortaleça a resistência e ocupe os espaços de poder.

O Congresso foi iniciado com a conferência “Nova luta pelo socialismo”, que contou com a participação da presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos, e do atual presidente da Fundação Maurício Grabois, Renato Rabelo. Confira a fala de Rabelo no vídeo abaixo:

Facebook

Ver vídeo 31:57

Publicado por UJS – União da Juventude Socialista

No início da primeira noite do evento, aconteceram debates simultâneos, sob a perspectiva do desenvolvimento do Brasil através da ocupação de todos os espaços.

Diante da necessidade de disputar as narrativas em diversas áreas pertinentes à construção de uma sociedade mais justa, os participantes do congresso debateram temas como “Trabalhar, estudar e ocupar o poder: juventude trabalhadora resiste!”,”Crise mundial e alternativas de integração solidária”, “Defender o SUS é defender o Brasil”, “Ocupar a política por um mundo sem violência e de paz” e “Cultura é poder”.

Por meio das contribuições de palestrantes e das propostas da juventude para barrar os retrocessos, conquistar direitos e enfrentar novos desafios, foi possível ampliar o debate e oxigenar a luta rumo ao socialismo.

Já na manhã do segundo dia do evento, foram abordadas as pautas centrais da luta política para ocupar o poder: “Ocupa a mídia”, “Educação não é mercadoria”, “Economia e desenvolvimento”, “Gênero, raça e classe”, “A elitização dos esportes e a resistências nas arquibancadas” e os “Os impactos do golpe nas comunidades de povos tradicionais e religiões de matriz africana”.

Estiveram em discussão a importância crucial da comunicação como instrumento da luta de ideias, a mercantilização do ensino e todas as bandeiras importantes do movimento estudantil, e os processos de diversos países para construírem sua soberania, além de quais são as soluções para a crise que agrava a desigualdade social. Na ocasião, a pré-candidata a deputada estadual pelo PCdoB-RJ se emocionou a falar pra os militantes.

O encerramento do congresso está previsto para o domingo (15) e contará com um ato político e a plenária final, momento de eleição da próxima direção nacional e aprovação das resoluções que guiarão a atuação da UJS para os próximos dois anos.

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s