Alice Portugal: “Queremos diminuir as desigualdades sociais na Bahia”


O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) exibe nesta quarta-feira (12) uma homenagem a deputada federal (BA), Alice Portugal, candidata à reeleição. Sua atuação parlamentar é marcada pela defesa dos direitos das mulheres, da juventude, dos aposentados e dos trabalhadores e trabalhadoras.

No vídeo, Alice Portugal destacou o desafio de diminuir as desigualdades sociais na Bahia, gerando mais empregos no estado, reduzindo a diferença salarial entre homens e mulheres e a incluindo a juventude no mercado de trabalho.

A deputada defendeu a continuação do processo de expansão dos cursos superiores nos institutos federais. Segundo ela, o atual governo ilegítimo de Michel Temer, com sua “gestão temerosa está tentando reduzir esse processo de expansão de inclusão universitária nos institutos federais, para diminuir a força da participação do povo”.

“Estamos com o desafio de afirmar uma Bahia democrática e para todos. É nessa batalha que vamos chegar à vitória. Portanto, mais educação, mais trabalho, mais direitos para as mulheres e mais garantias de educação de qualidade para a juventude”, afirmou.

Trajetória

Filiada ao PCdoB desde 1979, Alice Portugal entrou no Parlamento em 1994 como deputada estadual pela Bahia, sendo reeleita e tendo recebido todos os prêmios da imprensa baiana pelo êxito dos seus mandatos.

Em 2004, elegeu-se deputada federal e exerce atualmente o seu quarto mandato em Brasília. Em 2016, foi escolhida pelo PCdoB para ser candidata a prefeita de Salvador e ficou em segundo lugar. Posteriormente, em 2017, Alice assumiu a liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados.

Pela sétima vez consecutiva, o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), inclui Alice na lista dos 100 mais influentes do Congresso Nacional.

Mulheres

Alice é autora de importantes leis que garantem mais direitos para as mulheres. Como a lei que prevê a prorrogação da bolsa para as estudantes que derem à luz, adotarem crianças ou obtiverem a guarda judicial de crianças para fins de adoção e a lei que trata da isonomia salarial entre homens e mulheres, para funções iguais.

A parlamentar também ajudou a escrever a Lei Maria da Penha um importante instrumento no combate a violência contra as mulheres. É considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das melhores legislações do mundo na área.

Assista ao vídeo:

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fpcdob65%2Fvideos%2F234711490556285%2F&show_text=0&width=560

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s