PCdoB repudia morte de trabalhadores rurais na Paraíba e cobra punição


A direção estadual do PCdoB na Paraíba divulgou nota em que repudia o assassinato de dois trabalhadores rurais do MST na noite deste sábado (8), na cidade de Alhanbra, e cobra rigorosa punição aos autores do bárbaro crime.

 

 Assassinato de trabalhadores rurais causou indignação no acapamento do MST Assassinato de trabalhadores rurais causou indignação no acapamento do MST

A nota do PCdoB, assinada pela presidente estadual Gregória Benário, ressalta que o crime ocorre às vésperas das comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos d num ambiente de crescente estímulo à violência por parte das forças de extrema-direita em ascensão no cenário político nacional. Ao final, a direção do PCdoB paraibano conclama em favor da unidade e da luta em defesa da democracia.

Os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra na Paraíba (MST-PB) foram assassinados a tiros na noite de sábado (8) no acampamento Dom José Maria Pires, na cidade de Alhandra, na Região Metropolitana de João Pessoa. José Bernardo da Silva, conhecido como Orlando, e Rodrigo Celestino foram mortos por homens encapuzados e armados.

Leia a íntegra do nota do PCdoB:

Consternado, o Partido Comunista do Brasil – PCdoB, vem repudiar o bárbaro assassinato dos companheiros, integrantes do MST, José Bernardo da Silva e Rodrigo Celestino, na noite de 08 de dezembro, no Acampamento Dom José Maria Pires, na cidade de Alhandra.

Ao mesmo tempo em que transmitimos nossa solidariedade militante aos familiares das vítimas e a todo(a)s companheiros e companheiras do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, vimos cobrar das autoridades competentes a mais rigorosa apuração e punição dos autores materiais e intelectuais deste hediondo crime.

O brutal assassinato destes companheiros ocorre num ambiente de crescente estímulo à violência por parte das forças de direita e extrema direita em nosso país, especialmente com a ascensão destas forças no cenário político nacional e soa de forma provocativa, às vésperas das comemorações dos 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos.

Ao nos somarmos à dor de todo(a)s combatentes pela democracia e direitos do povo, na perspectiva de uma sociedade igualitária, conclamamos à unidade e à luta para conter a onda retrógrada e retomar o caminho da democracia.

João Pessoa, 08 de dezembro de 2018

Gregória Benário Lins e Silva
Presidenta Estadual do Partido Comunista do Brasil – PCdoB

Da redação do Portal Vermelho

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s