Flávio Dino: Caminhos da produção e do desenvolvimento


Ao longo de nossa caminhada no Governo do Maranhão, tive a satisfação de presenciar, em diversas ocasiões, o significado de conceder verdadeiras oportunidades. Uma área que muito me alegra, por sua enorme representatividade para o povo maranhense, é a produção agrícola. Artigo do governador Flávio Dino

 

 

Esta semana, tive a alegria de ver o brilho no olhar de vários homens e mulheres do campo que vieram até a capital receber mais uma parte das máquinas e equipamentos que vão melhorar sua forma de trabalho, incrementando a renda e impactando na qualidade de vida desses trabalhadores e suas famílias. Base de nossa economia, o setor primário representa a principal fonte de renda de muitos maranhenses e, por isso, precisa receber apoio para alcançar seu melhor desempenho.

Foi com esse objetivo que nasceu o Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab), que tem congregado ações intersetoriais para valorizar e estimular as potencialidades produtivas do Maranhão. Somos um Estado com grande extensão territorial, que dispõe de água em abundância, regiões com bons solos, condições climáticas adequadas e um povo trabalhador.

Cabe a nós, do Poder Público, potencializarmos esses atributos, unindo esforços entre Estado e municípios. Com esse foco, nos últimos quatro anos, alcançamos os 217 municípios com entregas de mais de 300 patrulhas agrícolas, muitas toneladas de sementes, cerca 1.000 kits de irrigação e quintais produtivos, além de dezenas de veículos fundamentais para sustentar a logística da produção e a comercialização, como caminhões frigoríficos e caminhões-tanque de leite. Construímos 17 Diques da Produção na baixada, instalamos agroindústrias e fomentamos as atividades com repasses de recursos e acompanhamento técnico. Para viabilizar o escoamento da produção, investimos em melhorias de acesso, com a entrega de 127 motoniveladoras, capazes de abrir caminhos e tirar povoados do completo isolamento.

Com essas ações, impulsionamos as cadeias produtivas, agropolos e os arranjos produtivos locais, e os produtos passaram a ser comercializados inclusive em grandes redes de supermercados, além das feiras realizadas nas regiões.

Diante de resultados tão importantes, vamos continuar avançando em investimentos como estes, que são soluções sustentáveis para garantia de eficiência produtiva, segurança alimentar e, especialmente, desenvolvimento para todos.

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s