China propõe construção de comunidade marítima com futuro compartilhado


O presidente chinês Xi Jinping pediu nesta terça-feira por esforços conjuntos para defender a paz marítima e construir uma comunidade marítima com futuro compartilhado.

Xi, também presidente da Comissão Militar Central, fez o comentário durante uma reunião com os chefes de delegações estrangeiras convidadas para participar dos eventos navais multinacionais em celebração do 70º aniversário da fundação da Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) da China.

Os oceanos são de grande significado para a sobrevivência e o desenvolvimento da humanidade uma vez que eles geram vida, conectam o mundo e promovem o desenvolvimento, disse Xi.

“O planeta azul que os humanos habitam não é dividido em ilhas pelos oceanos, mas é conectado pelos oceanos para formar uma comunidade com futuro compartilhado, onde pessoas de todos os países compartilham felicidades e aflições”, disse.

Xi disse que a paz e tranquilidade marítima dizem respeito a segurança e aos interesses de todos os países e precisam ser mantidos e apreciados conjuntamente.

DAR AS MÃOS PARA A PAZ MARÍTIMA

“A população chinesa amante da paz deseja a paz e permanecerá inabalavelmente no caminho do desenvolvimento pacífico”, disse Xi.

A China busca uma política da defesa nacional que é defensiva por natureza e defende novos pensamentos sobre segurança comum, abrangente, cooperativa e sustentável, apontou.

“Segurando em alto a bandeira da cooperação ganha-ganha, o exército chinês está comprometido em criar um ambiente de segurança caracterizado pela igualdade, confiança mútua, imparcialidade e justiça, participação conjunta e benefícios compartilhados”, disse.

Como o suporte principal das forças no mar, as marinhas assumem grandes responsabilidades para defender a paz e ordem marítima, disse.

As nações devem fortalecer o respeito mútuo, tratamento igual e a confiança mútua, reforçar o diálogo e os intercâmbios marítimos, aprofundar a cooperação naval prática e buscar uma abordagem de benefício mútuo e de ganha-ganha para a segurança marítima, disse.

Xi pediu esforços conjuntos para lidar com ameaças e desafios comuns no mar, e defender a paz e a tranquilidade marítima.

Atualmente, a cooperação baseada no oceano em mercado, tecnologia, informação, cultura e outras áreas está se aprofundando estavelmente, disse Xi.

A razão de a China propor construir conjuntamente a Rota da Seda Marítima do Século 21, segundo Xi, é facilitar a conectividade marítima, a cooperação pragmática em diversas áreas e o desenvolvimento da “economia azul”, assim como promover a integração de culturas marítimas e melhorar o bem-estar marítimo.

“As forças armadas chinesas estão dispostas a trabalhar com seus homólogos estrangeiros para contribuir ativamente para o desenvolvimento e a prosperidade marítimas”, disse Xi.

“Devemos cuidar dos oceanos como cuidamos das nossas vidas”, disse Xi. Ele apontou que a China participou plenamente da formulação e implementação do mecanismo de governança marítima e regras relacionadas dentro do quadro da ONU, e implementou a meta do desenvolvimento marinho sustentável.

A China atribui grande importância para a construção da civilização ecológica marinha, intensifica persistentemente a prevenção e o tratamento da poluição marinha, protege a biodiversidade marinha e explora de forma ordenada os recursos marinhos a fim de deixar o céu azul e oceano limpo para as gerações futuras, disse.

Xi também disse que a Marinha do ELP da China continuará a fortalecer os intercâmbios e a cooperação com as marinhas estrangeiras, assumir ativamente suas responsabilidades internacionais, defender a segurança das rotas marítimas internacionais e fornecer mais bens públicos para a segurança marítima.

COMUNIDADE MARÍTIMA COM FUTURO COMPARTILHADO

“O mar é vasto pois abraça muitos rios”, disse Xi, pedindo por mais e melhores consultas quando houver um problema, em vez de recorrer a violência ou ameaçar usar a violência.

Todos os países devem se consultar como iguais, melhorar o mecanismo para comunicação face as crises, fortalecer a cooperação em segurança regional e promover a solução adequada para disputas marítimas, segundo Xi.

Um seminário de alto nível sobre construir uma comunidade marítima com futuro compartilhado será realizado como parte dos eventos navais multinacionais, disse.

Xi expressou a esperança de que as delegações juntem suas ideias, construam consensos e contribuam com sua sabedoria a fim de construir uma comunidade marítima com futuro compartilhado.

O comandante-chefe da Marinha Real tailandesa, o Almirante Luechai Ruddit, em nome dos chefes das delegações estrangeiras, agradeceu a Xi pela reunião e parabenizou a Marinha do ELP pelo 70º aniversário da sua fundação.

Ele também agradeceu ao governo, ao exército e à marinha da China por suas contribuições e esforços para promover uma comunidade com futuro compartilhado para a humanidade, incluindo uma comunidade marítima com um futuro compartilhado. Ele expressou a convicção de que o conceito e a proposta de uma comunidade marítima com um futuro compartilhado promoverão a cooperação entre as marinhas e contribuirão para a paz e a prosperidade marítima.

Anúncios

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s