Lula: Bolsonaro é doente! Acha que problemas do país se resolvem com arma

em

Em sua segunda entrevista na prisão, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou novamente o atual presidente, Jair Bolsonaro (PSL). “Ele acaba de fazer um decreto acabando com todos os conselhos populares que foram criados a partir da Constituição de 1988. Ele defende barbaramente um estado armado, um estado policialesco. Ele acaba de autorizar fazendeiro a usar arma e atirar em quem ele quiser. Ele é um doente! Acha que o problema do Brasil se resolve com arma. Os problemas do Brasil se resolvem com livro, com escola”, declarou na sede da Polícia Federal em Curitiba ao jornalista Kennedy Alencar.

Trechos da entrevista foram utilizados como parte da reportagem de 30 minutos chamada Lula: Behind Bars (Lula: Atrás das Grades, em tradução livre), exibida hoje no canal fechado BBC World News, por volta das 20h30. A conversa foi gravada há exatamente uma semana –portanto, antes do decreto assinado na terça (7) por Bolsonaro ampliando o direito ao porte de armas a diversas categorias, como caminhoneiros, advogados, deputados, vereadores e até jornalistas. Ao mencionar que “fazendeiro pode atirar em quem ele quiser”, nota-se que Lula se referia, portanto, às promessas que seu oponente havia feito em 18 de abril, remetendo ao decreto de porte.

Exaltado, o ex-presidente declarou que “pelo bem do Brasil” espera que Bolsonaro aprenda a guiar o país. “Em vez de ficar falando bobagens, ele deveria falar que vai terminar o mandato melhor do que o Lula. Vou fazer mais universidade, vou investir mais em ciência e tecnologia, vou colocar mais criança na escola, vou fazer mais casas”. O petista também criticou a postura dos descendentes do atual presidente. “Ele corre atrás dos filhos para apagar um incêndio a cada dia. Não sei como funciona a família, mas o que se apresenta publicamente é um negócio incontrolável”, disse Lula.

A entrevista foi solicitada por Alencar no ano passado, mas só foi realizada neste mês por causa de decisões divergentes de ministros do Supremo Tribunal Federal. Declarações do petista a veículos de imprensa estiveram proibidas de setembro de 2018 a abril deste ano, quando o presidente da Corte, Dias Toffoli, liberou que ele fosse entrevistado pelos jornais “Folha de S.Paulo” e “El País Brasil”.

Críticas a Moro Assim como em sua primeira entrevista, Lula insistiu em sua linha de defesa sobre a condenação no caso do tríplex no Guarujá, questionando as evidências apresentadas pelo Ministério Público Federal e chanceladas pelo então juiz federal Sergio Moro – e atual ministro da Justiça e Segurança Pública – e pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. “Alguém tem que mostrar (a prova). Esse apartamento, esse maldito apartamento, se ele é meu, tem que ter um documento, tem que ter um contrato, tem que ter um pagamento. Alguma coisa tem que ser mostrada. Não é possível que alguém possa dizer que um apartamento é meu se eu não comprei, não morei, não paguei, não tem escritura. Que negócio é meu?”, afirmou. O ex-presidente voltou a acusar Moro de manipular a imprensa ao vazar seletivamente informações sigilosas: “O Moro fornecia à imprensa as informações em primeira mão, do jeito que ele entendia, a imprensa transformava a mentira do Moro em verdade, e aí o cara já estava condenado. Por que que você acha que eu resolvi resistir? Porque eu quero provar que eles mentiram.”

Para Lula, Moro não vai sobreviver à política. “Ele não nasceu para isso. Ele nasceu para se esconder atrás de uma toga e ficar lendo o Código Penal. É para isso que ele nasceu. Ele tem que se expor a debate. Eu, por exemplo, adoraria se sair daqui fazer um debate com o Moro sobre os crimes que cometi.”

Fonte: UOL

https://web.facebook.com/pcdob65/videos/318667008800506/

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s