Presidente da UNE pede uso do preto em resposta a Bolsonaro


A UNE, em resposta à declaração de Jair Bolsonaro convocando os brasileiros a irem às ruas de verde e amarelo no dia 7 de Setembro em defesa da Amazônia, para protestar. Os estudantes estão organizando atos de oposição com os manifestantes vestidos de preto.

 

 

“Para nós, significa o luto pela situação da Amazônia e da educação. É um grito de quase morte por causa dessas políticas”, disse à revista Época o presidente da UNE, Iago Montalvão.

O ex-presidente Fernando Collor também pediu à população que aderissem ao uso de verde e amarelo e a resposta foi uma ampla adesão ao preto.

Para Montalvão, Bolsonaro e Collor compartilham muito mais do que a declaração.

“Têm muitas semelhanças. Uma rejeição imensa da população, uma completa entrega do patrimônio nacional e um governo que tenta disputar os símbolos nacionais, mas ao mesmo tempo destrói as principais riquezas nacionais, como a Amazônia”.

Segundo a UNE, 50 cidades já aderiram aos protestos contra Bolsonaro até o momento.

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s