Brasil perde Nilcéa Freire


NOTA DE PESAR

O Brasil e a luta das mulheres perderam nas últimas horas uma de suas grandes lutadoras: Nilcéa Freire faleceu ontem, depois uma árdua batalha contra o câncer, aos 67 anos.
Feminista amorosa, com garra e competência ímpares, Nilcéa foi médica, professora e pesquisadora, exercendo o cargo de reitora da UERJ em 2000 e de Ministra das Mulheres no período de 2004 a 2011, onde, entre outras conquistas, protagonizou a aprovação da Lei Maria da Penha, a construção do Ligue 180 e a realização da Iª Conferência Nacional de Políticas para Mulheres.
Seu legado em defesa da Democracia, dos Direitos Humanos e, em especial, dos Direitos das Mulheres, deixa em todos e todas nós uma lacuna indelével, mas também um sopro de esperança, nestes dias obscuros, de ser possível construir, a partir da política, melhores tempos para o povo brasileiro e para as mulheres.
O PCdoB solidariza-se com a dor de seus familiares e amigos e reafirma a presença de Nilcea em nossos melhores sonhos de um novo Brasil.

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.