Comunistas condenam perseguição a Greewald e defendem imprensa livre


Diversas lideranças do PCdoB vieram a público nesta terça-feira (21) em defesa da liberdade de expressão e de imprensa e contra o uso do aparato de estado para perseguir o jornalista Glen Greenwald, do site The Intercept, que vem demonstrando os abusos cometidos pela Operação Lava Jato com a série de reportagens conhecidas como Vaza Jato, baseada em conversas entre autoridades.

Greenwald foi denunciado na operação Spoofing, que investiga invasão de celulares de autoridades. A denúncia do Ministério Público foi feita apesar do jornalista não ser investigado ou indiciado.

A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) afirmou nas redes sociais que trata-se de “caçada” ao jornalista e de que o fato representa uma “grave ameaça à liberdade de imprensa”.

Jandira Feghali

@jandira_feghali

ABSURDOS NA CAÇADA À JORNALISTA: Procurador do MPF ignorou relatório da Polícia Federal que descartava @ggreenwald como cúmplice das ações de hacker.

347 pessoas estão falando sobre isso

Jandira Feghali

@jandira_feghali

Sem ser investigado, Glenn é denunciado sob acusação de invadir celulares. GRAVE AMEAÇA À LIBERDADE DE IMPRENSA NO BRASIL!

445 pessoas estão falando sobre isso

Ela também compartilhou o vídeo em que o próprio jornalista se defende das acusações e lembra que depois de extensa investigação, a Polícia Federal concluiu que não havia qualquer crime na conduta relativa aos dados que originaram a Vaza Jato. Para Greenwald, a denúncia é um ataque contra a imprensa livre e também contra a PF e o STF – liminar do Supremo proibiu a continuidade de investigações contra o jornalista.

Glenn Greenwald

@ggreenwald

Sobre a notícia da denúncia do MPF: é um ataque a liberdade de imprensa, o STF, as conclusões da PF e a democracia brasileira.

Nos vamos defender uma imprensa livre. Não seremos intimidados pelo abuso do aparato do estado nem pelo governo Bolsonaro.

Vídeo incorporado

4.072 pessoas estão falando sobre isso

A ex-deputada federal Manuela d’Ávila prestou solidariedade ao jornalista do The Intercept.

Manuela

@ManuelaDavila

Minha total solidariedade ao jornalista @ggreenwald diante da denúncia do MPF. A Polícia Federal após longa investigação declarou que Glenn não cometeu nenhum crime e que agiu com muita cautela. Estamos diante de um forte ataque à liberdade de imprensa!

1.085 pessoas estão falando sobre isso

No mesmo sentido, o deputado Orlando Silva protestou contra o ataque à liberdade de expressão e se solidarizou com o jornalista.

Orlando Silva

@orlandosilva

Um absurdo ataque à liberdade de expressão e à imprensa livre. @ggreenwald não cometeu nenhum crime, apenas fez jornalismo sério, o que derrubou as máscaras dos falsos heróis do lavajatismo e seus comparsas. Nossa solidariedade. https://twitter.com/Estadao/status/1219643401064407040 

Estadão

@Estadao

>@fausto_macedo MPF denuncia Glenn Greenwald e mais 6 por invasão de celulares de Moro e procuradores http://bit.ly/2G9dDs2 

Ver imagem no Twitter
75 pessoas estão falando sobre isso

A deputada Perpétua Almeida, também denunciou o risco ao trabalho jornalístico diante deste precedente de perseguição aberto pela ação do procurador MPF. Ela também compartilhou a nota da jornalista Mônica Bérgamo que salientou uma “coincidência”: o procurador que denunciou Greenwald é o mesmo que denunciou o Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, por críticas contra o ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro.

Perpétua Almeida

@perpetua_acre

Atenção, liberdade de imprensa em risco no Brasil! A ação do MPF contra @ggreenwald é criminalização do trabalho jornalístico. Sergio Moro, assim como membros do MPF e setores do judiciário, não aceitam q seus podres tenham sido expostos pela .

37 pessoas estão falando sobre isso

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA), jornalista, também repudiou a atitude do procurador. Ao comentarista político John Cutrim, afirmou que “essa denúncia do MPF em Brasília não atinge só o Glenn Greenwald. Agride frontalmente a liberdade de imprensa. Mais um absurdo nesse enredo de abusos autoritários. Nosso repúdio!”.

Márcio Jerry

@marciojerry

Márcio Jerry repudia denúncia contra Glenn Greenwald: “mais um absurdo nesse enredo de abusos autoritários” https://johncutrim.com.br/marcio-jerry-repudia-denuncia-contra-glenn-greenwald-mais-um-absurdo-nesse-enredo-de-abusos-autoritarios/ 

Márcio Jerry repudia denúncia contra Glenn Greenwald: “mais um absurdo nesse enredo de abusos…

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) criticou, nesta terça-feira (21), a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), em Brasília, contra o jornalista Glenn Greenwald, do site The…

johncutrim.com.br

Veja outros Tweets de Márcio Jerry

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que é professor de Direito e ex-juiz federal, destacou a dificuldade de sustentar juridicamente “uma ação penal contra direitos constitucionais atinentes ao sigilo de fonte no jornalismo e contra uma liminar do Supremo”. Ele criticou parecer “mais um terraplanismo jurídico, que está em moda nesses tempos de trevas”.

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.