Líder do PCdoB critica paralisia do governo e cobra ações contra crise


A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), líder do partido na Câmara dos Deputados, ocupou a tribuna para criticar o imobilismo do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, frente a crise econômica, o caos na Bolsa de Valores, a disparada do dólar e o pânico que pode tomar conta da população com a escalada da contaminação pelo coronavírus.

“O Brasil vive uma de suas maiores crises nos últimos 20 anos, que tem em sua origem a postura do presidente. O nome desta crise chama-se Bolsonaro. Ainda não caiu a ficha para ele sobre o que é ser presidente da República, que ele tem a responsabilidade de apontar saídas para essa crise econômica e na saúde”, disse.

Perpétua cobrou propostas concretas do governo para retomar o investimento, enfrentar o agravamento da crise social e liberar recursos para a pandemia do coronavírus. A parlamentar também criticou a lista de projetos que o ministro da Economia, Paulo Guedes, encaminhou ao Congresso Nacional como prioridades para o enfrentamento da situação.

Segundo a líder do PCdoB, dos 15 projetos apresentados pelo ministro, nenhum deles se refere à atual crise econômica e apresenta medidas para enfrentar a escalada da Covid-19. “Não é diminuindo o tamanho do Estado, não é acabando com os bancos públicos, não é não se preocupando com o emprego no país que a gente vai resolver a crise”, apontou.

“Eu pergunto aos senhores: o que a autonomia do Banco Central tem a ver com a pandemia do coronavírus? O que que a privatização da Eletrobras tem a ver – e vai resolver essa crise do país; ou tem a ver com a pandemia do coronavírus?”, questionou a deputada. “Ninguém do setor provado vai botar dinheiro na economia, se o governo não tomar a frente”, observou.

A deputada lembrou que, com problemas nas suas economias e com uma pandemia assustando a população mundial, as autoridades de outros países já se manifestaram apresentando medidas para o enfrentamento dos problemas sociais e econômicos.

“O presidente Bolsonaro se cala! É um desequilibrado, porque não sabe o que está acontecendo com a gravidade da crise política, econômica e de saúde do país”, frisou.

“O que que o povo espera numa hora como essa? O povo espera que o presidente da República chame para si a responsabilidade, aponte rumos, aponte saídas para a crise, diga o que vai fazer. Mas o desequilibrado assusta mais ainda as pessoas, que vão no supermercado e encontram tudo mais caro. As pessoas vão atrás de saúde e estão assustadas, pois não tem o kit do coronavírus para fazer os testes porque o governo não encontrou ainda uma saída para que eles cheguem em todas as cidades brasileira”, acrescentou.

Propostas da oposição

Perpétua destacou o lançamento de um manifesto pelos líderes da oposição, contendo doze propostas para retomada do crescimento, geração de empregos e promoção da inclusão social. De acordo com a líder, a atual crise só será resolvida com investimento e a oposição quer ajudar com medidas efetivas. “O desiquilíbrio do presidente não ajuda o país”, disparou.

PCdoB na Câmara

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.