“Não vejo Bolsonaro com disposição para líder nacional”, afirma Dino


Em entrevista à Carta Capital, Flávio Dino comentou que não é possível fechar os olhos para o que está acontecendo no Brasil

O governador do Maranhão, Flávio Dino, afirmou que não vê em Jair Bolsonaro a disposição de ser um líder nacional que o Brasil precisa. “E isso não diz respeito a simpatias ou antipatias pessoais que eventualmente eu tenha. É uma constatação objetiva. O líder nacional une, Bolsonaro divide”.
A declaração foi dada nesta segunda-feira ( 27), em entrevista ao jornalista Rodrigo Martins, da Carta Capital.

“Um líder nacional procura cuidar da gestão pública, administrativa, Bolsonaro se preocupa exclusivamente com poder e eleições futuras. Um líder nacional procura colocar na frente o interesse de todos e não de pequenos grupos ou de sua própria família, como infelizmente Bolsonaro vem fazendo”, disse Flávio Dino ao pontuar que nenhum líder nacional de qualquer país do mundo criou uma grande confusão política durante a pandemia, como Bolsonaro está fazendo.

Flávio Dino falou ainda sobre a falta de coordenação nacional no combate ao coronavírus, tanto por parte da Presidência da República quanto do Ministério da Saúde.

“Não há coordenação nacional no combate ao coronavírus. Estamos falando sobre isso há algum tempo. Algumas medidas foram tomadas, o Ministério da Saúde nos ajudou, mas muito pouco diante do tamanho do desafio. Estamos falando de colapsos de sistemas de saúde e colapsos de serviços públicos de modo geral”, disse Dino.

Impeachment
Ao ser questionado sobre a possibilidade do impeachment do atual presidente da República, Flávio Dino comentou que não é possível fechar os olhos para o que está acontecendo no Brasil.

“Não há dúvidas de que é lamentável e indesejável que mais uma vez o país se veja diante de um tumulto institucional. Porém, não podemos fechar os olhos para o fato de termos sim o artigo 85 da Constituição Federal e a lei 1079/50. O que temos visto é a configuração de condutas do presidente da República que ensejam o chamado processo por crime de responsabilidade, que vem a ser o impeachment”, afirmou Flávio Dino.

Liberdade de Expressão
Flávio Dino explicou que a liberdade de expressão, segundo a própria Constituição Federal, não pode ser exercida para praticar crimes ou para fazer apologia aos crimes ou tentar destruir a ela própria.

“Por exemplo, na Alemanha é totalmente proibida a propaganda do nazismo porque a sociedade alemã pactuou que as regras democráticas são aquelas em que todos podem conviver com suas diferenças, sem violência simbólica ou física. Eu realmente não sei o que está faltando para o Ministério Público e Poder Judiciário agirem aplicando a lei”, afirmou.

Dino relembrou ainda a Lei de Segurança Nacional que diz que esse tipo de propaganda é vedada. “Por isso, em sendo crime, não se trata em optar em agir ou não agir. É um dever das autoridades públicas preservarem a constituição e a legalidade democrática”, concluiu o governador.

Fonte: Portal Vermelho

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.