Deputados do PCdoB concorrem ao Prêmio Congresso em Foco


A edição de 2020 do Prêmio Congresso em Foco terá sete deputados do PCdoB na disputa. Além da líder da bancada, deputada Perpétua Almeida (AC), estão concorrendo Alice Portugal (BA), Jandira Feghali (RJ), Márcio Jerry (MA), Orlando Silva (SP), Professora Marcivânia (AP) e Renildo Calheiros (PE).

A premiação homenageará os congressistas mais bem avaliados pelo público, por um júri especializado e por jornalistas que cobrem a política nacional. A votação pela internet terá início nesta sexta-feira (17) e vai até o dia 31 de julho. Os vencedores serão conhecidos no dia 20 de agosto, num evento virtual.

Além do prêmio principal, este ano, duas categorias especiais também homenagearão parlamentares com destacada atuação em “Clima e Sustentabilidade” e “Defesa da Educação”. Em todas as votações, é possível escolher até três nomes da Câmara ou do Senado.

Criado em 2006, o Prêmio Congresso em Foco “tem como objetivos principais valorizar o Poder Legislativo e estimular a sociedade a acompanhar a atuação dos eleitos de forma permanente e ativa”.

Categorias

Por terem atuação destacada no Parlamento na promoção de uma educação inclusiva e de qualidade, as deputadas Alice Portugal e Professora Marcivânia concorrem na categoria “Defesa da Educação”, que conta com o apoio da organização não governamental Todos pela Educação. Entre os critérios para concorrer a esta categoria, a organização levou em conta três pontos: efetiva atuação dos parlamentares na área; participação em debates, na apresentação de proposições legislativas, em relatorias e em outras atividades com impacto positivo no aprimoramento da legislação da área e no desenvolvimento e implementação de políticas públicas no setor; e histórico de votações no Congresso Nacional.

Já na categoria “Clima e Sustentabilidade” concorrem os deputados Alice Portugal, Jandira Feghali, Márcio Jerry, Orlando Silva, Professora Marcivânia e Renildo Calheiros, por terem tido maior envolvimento com a pauta socioambiental. Este é o segundo ano que a categoria é incluída no prêmio. Assim como em 2019, ela é apoiada pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS).

A organização do prêmio levou em conta três pontos para selecionar os parlamentares aptos a concorrer em cada categoria: efetiva atuação na área; participação em debates, na apresentação de proposições legislativas, em relatorias e em outras atividades com impacto positivo no aprimoramento da legislação da área e no desenvolvimento e implementação de políticas públicas no setor; e histórico de votações no Congresso Nacional.

Fonte: PCdoB na Câmara

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.