Ministro do STF notifica Bolsonaro sobre calúnia contra Flávio Dino


O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, acatou o pedido do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), para que Bolsonaro apresente provas sobre o governador ter lhe negado proteção do efetivo da PM numa viagem programada para participar de um evento evangélico em Balsas, no interior daquele Estado.

Segundo a coluna Radar da Veja, o ministro do STF deu prazo de 15 dias para o presidente, “querendo”, apresente sua manifestação sobre a queixa de Dino.

Na petição, Flávio Dino acusa Bolsonaro de cometer o crime de calúnia e exige que o presidente apresente provas da suposta recusa de colocar a polícia à disposição de sua segurança.

No Twitter, o governador enumerou os motivos da ação: considera muito grave o presidente da República mentir para acirrar ódios na Nação; como vítima de uma agressão, tem o dever de defender a ele e sua equipe; e tem a honra a zelar.

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.