Caetano poderá realizar live em apoio a Manuela, decide TSE


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta quinta-feira (5), que está permitida a realização de live de Caetano Veloso para a arrecadação de recursos financeiros para a candidata do PCdoB à Prefeitura de Porto Alegre, Manuela d’Ávila. O evento será no próximo sábado (07), e os interessados participarão mediante a compra de ingressos.

“Vitória da liberdade de expressão!”, comemorou Manuela em suas redes sociais. “O TSE determinou que a live do Caetano para arrecadar doações para a minha campanha e do Boulos está dentro da lei. Obrigada ao meu amigo Caetano por sua luta pela democracia”, disse.

A iniciativa de Caetano Veloso em favor dos candidatos vem sendo alvo de disputa jurídica desde seu anúncio. Adversário de Manuela na eleição, o vice-prefeito Gustavo Paim (PP) moveu ação junto à Justiça questionando a iniciativa do artista e da candidatura de Manuela. O juiz Leandro Martins, da 161ª Zona Eleitoral, suspendeu a realização do evento argumentando que o mesmo não estaria de acordo com a legislação eleitoral.

Em parecer emitido no dia 18/10, o Ministério Público Eleitoral (MPE) acolheu recurso da Coligação Movimento Muda Porto Alegre (PCdoB e PT), de Manuela d’Ávila, e considerou que a live de Caetano Veloso em apoio à candidata não se caracteriza como showmício uma vez que será fechada — com ingressos a R$ 30 — e sem a presença da candidata.

No dia 24/10, as defesas da candidata Manuela D’Ávila e da coligação Movimento Muda Porto Alegre (PCdoB/PT) ingressaram com recurso especial no TSE em relação à decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) que havia proibido a realização de show virtual e requereram também a concessão de tutela de urgência para conferir efeito suspensivo ao referido recurso especial eleitoral.

A decisão, concedendo a liminar na tutela de urgência requerida, foi adotada por maioria de votos, vencido o ministro Mauro Campbell, que divergiu do relator, ministro Luís Felipe Salomão. Salomão, por sua vez, foi acompanhado pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, e pelos ministros Tarcísio Vieira, Sérgio Banhos, Marco Aurélio e Luís Edson Fachin.

Por Priscila Lobregatte

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.