Mulheres do PCdoB, PT, PDT, Rede e Psol se solidarizam com Manuela


Em nota assinada conjuntamente, dirigentes que representam secretarias e coletivos de mulheres dos partidos PCdoB, PT, PDT, Rede e Psol expressam sua solidariedade a Manuela d’Ávila, candidata do PCdoB à Prefeitura de Porto Alegre, contra ataques misóginos que vem sofrendo.

“Forças reacionárias, fascistas, de direita, não aceitam que mulheres avancem nos espaços políticos, principalmente quando essas mulheres expressam, de forma tão viva, tão clara, a luta pela emancipação feminina, por igualdade de direitos entre os gêneros, pela democracia e justiça social”, diz trecho da nota.

Leia a íntegra:

Solidariedade e vitória para Manuela

Depois de ter sido o maior alvo das fake news, de ataques misóginos e de violência política de gênero nas eleições de 2018, quando candidata a vice-presidente da República, na chapa de Fernando Haddad, Manuela d’Ávila, hoje candidata a prefeita de Porto Alegre, volta, lamentavelmente, a sofrer ataques misóginos, sórdidos, repugnantes, inadmissíveis.

De acordo com a assessoria jurídica da campanha de Manuela, divulgada timidamente pela imprensa, as redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e YouTube, por determinação da Justiça Eleitoral, já retiraram do ar mais de meio milhão de compartilhamentos de conteúdos misóginos, violentos e falsos contra ela. Isso mesmo, meio milhão!

Como ocorre com todas as mulheres, o ódio a Manuela d’Ávila é diretamente proporcional ao seu destaque político, ao seu sucesso eleitoral, pois disputa esse segundo turno eleitoral na capital gaúcha com grandes chances de vitória.

Os ataques que miram Manuela atingem todas as mulheres e, em especial, as candidatas mulheres que, num país machista, ousam lutar por espaços de poder.

Forças reacionárias, fascistas, de direita, não aceitam que mulheres avancem nos espaços políticos, principalmente quando essas mulheres expressam, de forma tão viva, tão clara, a luta pela emancipação feminina, por igualdade de direitos entre os gêneros, pela democracia e justiça social.

A luta pela emancipação das mulheres é parte indissolúvel da luta pela emancipação da própria sociedade, é o termômetro da construção de uma sociedade mais justa e democrática!

É disso que eles têm medo. É isso que eles temem.

Mais do que nunca é importante o reforço à eleição de Manuela prefeita de Porto Alegre.

Mais do que nunca é importante a solidariedade e sororidade feminista a Manuela  contra a ofensiva conservadora.

Mais do que nunca cresce a importância de eleger Manuela como símbolo da luta igualitária, como símbolo da defesa dos direitos democráticos do povo e das brasileiras!

A luta de Manuela, é a luta De todas nós, de todas as mulheres.

SOMOS MULHERES FEMINISTAS E LIBERTÁRIAS!

SOMOS TODAS MANUELA!

Pelas Secretarias e Coletivos de Mulheres dos Partidos:

– Partido Comunista do Brasil, PCdoB – Vanessa Grazziotin e Márcia Campos
– Partido dos Trabalhadores , PT – Anne Karolyne Moura de Souza
– Partido Democrático Trabalhista, PDT – Miguelina Vecchio
– Rede Sustentabilidade – Mary Cruz e Cristiana Almeida
– Partido Socialismo e Liberdade, PSOL  – Setorial Nacional de Mulheres

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.