Apoiadores de Trump tentam golpe contra o Congresso dos EUA


Apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, invadiram nesta quarta-feira (06) o Capitólio durante a sessão que certificaria a vitória de Joe Biden nas eleições de novembro, forçando a saída abrupta de parlamentares e a interrupção da cerimônia.

Militantes que defendem Trump conseguiram romper diversas barricadas erguidas pela polícia, invadiram o prédio do Congresso e foram vistos em diversos pontos do edifício. Um dos manifestantes sentou-se na cadeira da presidência do Senado e passou a gritar “Trump venceu essa eleição!”

Segundo relatos da imprensa americana, um aviso sonoro começou a tocar no prédio enquanto os congressistas se preparavam para confirmar a vitória de Biden. “Ameaça externa de segurança”, dizia o aviso, acrescentando que ninguém deveria sair ou entrar no Capitólio.

Jornalistas foram instruídos a permanecer no comitê de imprensa do Senado, e as portas foram fechadas. Alguns senadores e deputados depois foram vistos sendo retirados do edifício.

A invasão ocorreu depois que o vice-presidente Mike Pence se recusou a atender a um pedido de Trump para que bloqueasse a confirmação da vitória de Biden. Cabe ao vice-presidente do país presidir a sessão conjunta do Congresso na qual os votos do Colégio Eleitoral são contados e, ao final, anunciar quem foi o vencedor.

Trump havia estimulado seus apoiadores a marchar em direção ao Congresso. Após a invasão do prédio, ele solicitou, pelo Twitter, que agissem de forma pacífica.

Fonte: DW

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.