Luciana condena truculência da PM que reprime manifestação em Recife


A presidenta nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, gravou uma mensagem com forte indignação pela ação truculenta da Polícia Militar de Pernambuco que agiu para impedir a manifestação que ocorre na manhã deste sábado (29) no Recife.

Na mensagem de vídeo, a vice-governadora ressalta que o governo não autorizou a repressão à manifestação. Segundo ela, “o governador Paulo Câmara tem se pautado pela democracia, pelo diálogo”.

“Nós condenamos esse tipo de atitude e vamos tirar as consequências do acontecido”, frisou a vice-governadora.

O protesto simbólico organizado pelos movimentos sociais, estudantil e sindical na luta pela vacina para todos ocorre em todo o país pacificamente. Porém, em Recife, os manifestantes foram barrados pela PM que reprimiu o protesto com bombas de gás e spray de pimenta.

(Manifestantes se organizaram em filas durante protesto contra Bolsonaro, no Recife — Foto: Suzana Souza/G1)

(Manifestantes no Recife — Foto: Suzana Souza/G1)

Segundo informações da imprensa local, o ato seguia de forma pacífica, cumprindo as recomendações de segurança com uso de máscaras e distanciamento, pela Avenida Conde da Boa Vista, principal corredor do Centro da capital pernambucana, quando foram interrompidos pelos policiais, no trecho entre a Rua da Aurora e Avenida Conde da Boa Vista.

Confira a declaração da vice-governadora:

https://www.instagram.com/p/CPdp_eeF-vf/?utm_medium=copy_link

Do Portal PCdoB

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.