Luciana: discurso de Bolsonaro representa desespero e incompetência


Sobre as gravíssimas declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (7), em Brasília e depois na capital paulista, a presidenta nacional do PCdoB, vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, declarou que o discurso de Bolsonaro representa um “desespero” e a “incompetência” dele em resolver os problemas do país.

Bolsonaro vem convocando, junto a seus apoiadores, há cerca de dois meses esses protestos a seu favor. E neste Dia da Independência, ao participar dos atos golpistas e antidemocráticos, o presidente fez uma grave ameaça a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de afrontar à Constituição, ele utiliza a máquina e recursos públicos ao participar destes atos.

Segundo Luciana, com isso, o presidente “apela para um tudo ou nada porque sabe que o seu governo acabou” e “é incompetente para resolver os problemas do Brasil”, afirma. A dirigente nacional questiona ainda: “Como pode um presidente ignorar os mortos pela pandemia, os desempregados, os famintos? Mostra total desconexão com a vida real da população. O povo quer vacina, comida e emprego”.

Com tantos problemas, afirma Luciana, o povo “não quer saber de arroubos autoritários”. Para a presidenta do PCdoB, “as instituições são maiores, e é preciso unidade das forças democráticas para superarmos esse momento. Vai passar!”, disse Luciana.

Do Portal PCdoB

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.