Inflação dispara com política desastrosa de Bolsonaro, dizem deputados


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, foi de 0,87% em agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a maior taxa para o mês de agosto em 21 anos. No ano, a inflação acumula alta de 5,67% e em 12 meses chegou a 9,68%.

Segundo o índice divulgado nesta quinta-feira (9), os combustíveis puxaram a alta da inflação em agosto, com aumento de 2,96%, acima dos 1,24% do mês anterior.

Somente a gasolina (+2,80%) foi responsável por 0,17 ponto percentual da inflação mensal, sendo o item com o maior impacto individual sobre o índice. Etanol (4,50%), gás veicular (2,06%) e óleo diesel (1,79%) também ficaram mais caros no mês.

A explosão inflacionária repercutiu na Bancada do PCdoB na Câmara. Vários deputados foram às redes sociais, denunciando a falta de iniciativa do governo de Jair Bolsonaro para enfrentar o aumento da carestia.

O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) destacou: “A inflação da vida real mostra a corrosão da renda dos trabalhadores e a volta da fome. Em 12 meses, o cenário é desolador: Carne: + 30,8%; Arroz: + 32,7%; Feijão: + 40,3%; Gâs de cozinha: + 31,7%; Gasolina: + 39,1%; Álcool: + 62,3%. Oferecimentos Boisonaro e Paulo Jegues”.

Para o parlamentar, a política adotada pelo Ministério da Economia, com anuência integral do presidente, está levando o país ladeira abaixo. “A inflação anualizada já passa de 9% e vai atingir dois dígitos. Parabéns, Bolsonaro e Paulo Guedes. O projeto de destruição do Brasil segue acelerado”, disse.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) se referiu à explosão de preços de alimentos, da gasolina e da  conta de luz como o “efeito Bolsonaro” na economia. “É o resultado da desastrosa política econômica desse governo. Bolsonaro tem que cair urgentemente!”, escreveu no Twitter.

“Bolsonaro causa prejuízos ao Brasil: dólar sobe; bolsa despenca; agronegócio banca caminhões q bloqueiam estradas; filas nos postos de gasolina; povo com medo de desabastecimento corre p os supermercados; preços sobem; inflação dispara”, escreveu a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) em uma rede social.

O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) também usou o Twitter, para registrar que a inflação registrou em agosto a maior alta desde o ano 2000. “Resultado da política desastrosa de Bolsonaro que objetiva gerar um caos no país e quem paga essa conta é o povo brasileiro”, criticou.

1 comentário

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.