Luciano Siqueira: VENCER OU VENCER É O DESAFIO

em

Toda eleição é difícil, especialmente para partidos de base popular que ainda não alcançaram dimensão orgânica e material maior.

Pela legislação em vigor no Brasil, aos partidos médios e grandes confere uma vantagem preliminar: o tamanho do fundo eleitoral correspondente a cada bancada na Câmara dos Deputados.

Por esse critério, o PCdoB ainda se perfila entre os partidos pequenos.

E, considerando as circunstâncias da luta transformadora no mundo e no Brasil dos nossos dias, ampliar a representação parlamentar tem importância crucial.

Isto obviamente inserido na luta comum pela presidência da República, governos estaduais e senadores aliados.

Em outras palavras, para o PCdoB eleger mais parlamentares federais é fator indispensável ao acúmulo de forças.

Não cabe, entretanto, medir os resultados da campanha que se avizinha apenas por esse crivo — embora ele seja imediatamente determinante.

Um partido que persegue objetivos de médio e longo prazo, consubstanciados na própria superação do capitalismo, há que considerar fatores de acumulação de forças de maneira mais larga.

Pois a campanha eleitoral propriamente dita, nas circunstâncias atuais, implica muitas formas de abordagem do eleitor — do corpo a corpo convencional, olhos nos olhos, ao bom uso das plataformas digitais.

Nessa abordagem, dois elementos são essenciais: a discussão a proposito dos problemas mais sentidos pelo povo correlacionado-os com a luta pelo poder político central; e a conquista da confiança, do afeto e do voto do eleitor.

Desse modo, postulantes do PCdoB poderão surfar na grande onda popular e democrática que tende a se erguer puxada pela candidatura de Lula à presidência da República.

Como resultantes, a ampliação da bancada comunista na Câmara dos Deputados; mais parlamentares eleitos às Assembleias Legislativas; e também a multiplicação de novas lideranças políticas aptas a disputas futuras e à continuidade da luta política e social presente.

Por esse ângulo assim generoso e consequente, a campanha enseja tanto o êxito eleitoral imediato como a elevação do nível de consciência e de organização do povo e o fortalecimento do próprio PCdoB.

Assim, “vencer ou vencer” é a consigna que se impõe como fator de mobilização do amplo contingente de militantes ativistas e amigos e amigas envolvidos na peleja.
.
O fato e a versão https://bit.ly/3n47CDe

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.