Luciano Siqueira: Lula no fio da navalha


Evidente que a situação de Lula na disputa eleitoral é muito favorável, de acordo com o consolidado das pesquisas mais confiáveis. Até a hipótese de uma vitória no primeiro turno chega a ser considerada.

Entretanto, agora é que a batalha propriamente dita ocorre em todas as dimensões — inclusive, daqui a pouco, pelas redes de TV, que continuam pesando fortemente no comportamento do eleitorado.

Todo cuidado é pouco. Caminhamos no fio da navalha, qualquer erro tático pode ser fatal.

Um erro possível seria aceitar a provocação do principal adversário e travar a batalha no movediço terreno religioso, que lhe parece mais favorável.

Num certo sentido é mesmo, pois é onde viseja com mais facilidade a guerra do ódio e do preconceito que conduz parcelas expressivas do eleitorado a agir segundo uma emoção estimulada artificialmente pelos engenheiros do caos, através das redes sociais e dos aplicativos WhatsApp e Telegram.

Leia também: A influência do general Inflação
https://bit.ly/3Oa6IAz

Ora, a pauta que interessa majoritariamente à população diz respeito à retomada das atividades econômicas com ampliação do emprego e valorização do trabalho, redução da inflação e da carestia.

E, num patamar mais exigente, que envolve setores mais esclarecidos e mesmo os chamados agentes econômicos, que modelo adotar para recuperar investimentos estatais em infraestrutura e o incentivo às atividades industriais com o lastro da produção científica e da inovação tecnológica.

São questões destacadas, dentre outras, da plataforma da ampla frente partidária e social reunida em torno da candidatura de Lula. Permitem separar o joio e o trigo, de modo traduzível ao entendimento do cidadão comum e, assim, capaz de mobilizar amplos setores da sociedade e consolidar a possibilidade de vitória.

A equação parece simples, porém na prática não é bem assim.

Nós brasileiros somos por natureza levados pela emoção, que nem sempre ajuda à racionalidade tática indispensável.

Lula não precisa dizer que Bolsonaro está possuído pelo diabo.

Lula precisa continuar dizendo — e o faz sempre com muita competência — o que realmente interessa à maioria.

Deixemos o ex-capitão insano e enfurecido em sua desesperada tarefa de alimentar os quase 30% de sua bolha organizada em milícias digitais.
​​​​​​​
Será o suficiente para que ele se mantenha num patamar de derrota.

E para que possamos, enfim, vencer e governar.

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.