Nota de homenagem a um bravo combatente comunista, Carlos Valadares


A simplicidade, a solidariedade e a determinação revolucionária foram as marcas do generoso militante comunista Carlos Valadares, que faleceu nesta terça-feira, 20 de outubro de 2020, em Minas Gerais, vítima de um câncer.

Foi expulso da Faculdade de Medicina em Minas Gerais em 1968 e passou a militar na clandestinidade.

A luta contra o regime militar sanguinário lhe rendeu uma prisão em Minas Gerais em um período de intensa luta sindical dos metalúrgicos mineiros.

Foi preso junto com sua companheira Loreta Valadares e barbaramente torturado.

Após a prisão foi obrigado a se exilar na Europa, na Suécia, onde continuou sua atividade revolucionária.

Voltou ao Brasil com a conquista da anistia pelo movimento democrático contra a ditadura fascista.

Foi então eleito para o Comitê Estadual do PCdoB da Bahia em 1980.

Passou a exercer um conjunto de tarefas no movimento sindical dos médicos e dos trabalhadores metalúrgicos de Camaçari e dos bancários da Bahia.

Exerceu importantes funções públicas como secretário do Meio Ambiente e Defesa Civil em Salvador entre outras responsabilidades.

Como ele mesmo dizia: “Meu passado é hoje, meu presente, caminho para o futuro”. Nos despedimos de sua contribuição desejando toda a solidariedade que ele nos ensinou aos familiares e amigos que deixou.

Carlos Valadares, presente!

Luciana Santos

Presidenta Nacional do Partido Comunista do Brasil

O que você achou desta matéria?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.